domingo, 17 de julho de 2011

Ogham - A escrita dos celtas #1

"O caminho Celta será mostrado e a Alma que segue este caminho irá lhe escoltar para a trilha entre as árvores, em que as folhas estão a dançar perante o ar." - Annan Kelt


Os celtas não tinham o costume de gravar seus ensinamentos, costumes, ou mesmo sua história através da escrita, sendo o Ogham considerado uma dádiva a qual somente os druidas tinham acesso. Era um alfabeto utilizado principalmente com línguas gaélicas. Por vezes, é denominado 'Alfabeto Celta das Árvores', e a pronúncia é 'óuam' em irlandês antigo, e 'óm' em irlandês moderno.

Aparentemente, foi criado pelos povos celtas que viviam nas ilhas Britânicas, visto que a maior parte das inscrições são encontradas na Irlanda e Grã-Bretanha. Seguindo pela arqueologia, teria surgido nos povos indo-europeus, ao norte dos mares Negro e Cáspio, na Europa Oriental. No entanto, pela botânica, que estuda a distribuição das árvores do alfabeto Ogham, a origem seria perto do vale do Reno, e da região da cultura de La Tène, considerada o berço da cultura Celta.

Foi usado entre os séculos III e VII na Irlanda, Escócia, Gales e Inglaterra, principalmente. Embora os poucos vestígios sobreviventes do Ogham tenham sido inscritos em pedras, era mais comumente inscrito em varas, estacas ou árvores, para demarcar limites de propriedade, retransmitir mensagens, mas sendo mais utilizado para fins mágicos ou mensagens enigmáticas da natureza. Há algumas evidências de que tenha sido utilizado para manter registros genealógicos, contagens numéricas ou transações comerciais.
Das 400 a 500 inscrições que restaram, boa parte foi encontrada sendo usadas juntamente com o alfabeto latino, mas a maioria encontra-se em uma forma arcaica de gaélico.

Existem ainda muitas teorias e opiniões sobre a exata origem do Ogham. Alguns afirmam que seria uma forma anciã de escrita das runas, outros dizem que foi inspirado no alfabeto romano, e outros ainda se agarram à idéia de que foi inventado sem base nenhuma.

O alfabeto dos celtas é constituido basicamente de 20 "letras", divididas em quatro grupos com cinco letras cada um. Quando era utilizado em pedras, as arestas delas serviam como o eixo que contém cada letra, no sentido vertical, de baixo para cima.


Cada letra representa um som, e uma árvore também, contendo um significado mágico ou espiritual.
A linha central representa um tronco de árvore, e os traços, representam os ramos.
Em alguns poucos casos, como em manuscritos, o Ogham era utilizado no sentido horizontal, da esquerda para a direita, assim como o alfabeto romano.


Existe ainda um quinto grupo de letras, o forfeda, que também continha originalmente cinco letras, para sons importados de outras línguas que originalmente não existiam no irlandês.


Era chamado de beth-luis-nion, o nome das primeira, segunda e quinta letras.

A lógica da ordem das letras ainda é um mistério, uma vez que não correspondem à ordem da escrita romana, nem rúnica. Talvez tenha uma base fonética, servindo como exemplo à essa hipótese, o quarto grupo de letras, que contém todas as vogais, que são organizadas de acordo com a sua posição na boca. A vogal 'a' é uma vogal central, 'o' e 'u' utilizam o fundo da boca, e as vogais 'e' e 'i' são vogais para as quais utilizamos a frente da boca. Outra possível lógica, seria o segundo grupo, que contém consoantes cujo som pára, ou estaca, exceto a consoante 'h'.


Cada um dos primeiros quatro grupos de letras são chamados de 'Aicme', e o quinto recebendo o nome de 'Forfeda'.


Por vezes era utilizado com "bolinhas" no lugar de traços, encontrei pouca informação a respeito, mas acredito que seja válido somente para as vogais.






É isso aí, meus fantasminhas celtas... Espero que tenham gostado dessa postagem, em breve trarei mais informações sobre essa belíssima e intrigante cultura celta, e mais imagens e curiosidades sobre sua escrita, o Ogham.

5 comentários:

۞Carla_Witch Princess۞ disse...

Que lindo post, Hakkyo!!!! ^^

Adoro a cultura e mitologia Celta!

Sei jogar Runas, sabia?

Parabéns pelo post, as pessoas conhecem mto pouco sobre esse povo tão fascinante...

Linda noite p/ vc, amiga...

:)

Bjinhosssssssss

ALEXIS disse...

Adorei o post.
As vezes leio alguns romances que mencionam a cultura celta, e com certeza saber mais nos ajuda a entender melhor o que lemos.
bjus

۞Carla_Witch Princess۞ disse...

Obrigada, Hakkyo!

As duas são as minhas preferidas tb...

Tirei a idéia deste post desse seu post sobre os Celtas, que eu amo!

kkkkkkk...

Feliz Dia do Amigo...

:D

Suelen Mattos disse...

Oi Manu, Feliz dia do amigo pra vc tb!!! Já pensou se vc ganha de novo??? É bom que já tenho até o endereço por aqui nos meus e-mails, hehe!!!!

Quanto ao sorteio, vale a pena sim!!! Tem muita gente que não entende muito desse negócio de arte gráfica, tenho certeza que iriam adorar ganhar algo exclusivo!!!


Ah, já preparei o post dos selinhos. Adorei, principalmente aquela tag sobre como te seduzir, hehe. Eu programei o post pra ir ao ar amanhã às 10:00 horas!!!

۞Carla_Witch Princess۞ disse...

Passando p/ lhe desejar um ótimo fim de semana, Hakkyo...

:D

Bjinhosssssssss