quinta-feira, 3 de março de 2011

Caminhos



Uma decisão a tomar. Uma vida a se viver.
Meu caminho é extremamente sinuoso,
com curvas e penhascos absurdamente perigosos.
Mas sigo olhando em frente.
Meu objetivo é maior que qualquer pedra que possa porventura encontrar.

Perigos e desejos, anseios e paixões.
Costumes renegados, família é algo que já não significa nada.
Laços rompidos, discórdia em excesso.
Brigas, discussões e muito rancor.

Confusão em minha mente,
sem muitos horizontes, sigo em frente.
Seguir sozinho é difícil, mas ficar e sofrer é pior.
Mudanças! Onde estão?
Realizações? Estão a caminho. Em breve você as conhecerá.

Não corra, não há necessidade. Caminhe simplesmente.
Seu futuro é incerto, mas o que há de ser, será.
Faça seu melhor e será recompensado.
Viva a vida sem se preocupar com o que pensam.
"Acredite no que quiser" é o que você deve dizer.
Pare de se lamentar e discutir à tôa.
Não adianta tentar ajudar quem não quer ser ajudado.
Viva a SUA vida. Não se preocupe mais com os outros.

Cada um tem seu caminho.
E sua estrada não se cruzará mais com as deles.
Não se preocupe. Quem tiver que permanecer ao seu lado,
com certeza o fará.
Amizade e amor são eternos.
Não se prenda aos outros.
Nem prenda os outros a você.

Quando menos esperar, a estrada da felicidade se juntará à sua.
E viverão bem lado a lado, caminhando sempre em harmonia.

2 comentários:

Manuh Ferraz disse...

Ainnn
achei muiitoo lindoo *---*
gostei mesmo 0/

Manuh Ferraz disse...

kkkkkkkkkkkkkkk
Dom Casmurro foi definitivamente um horror! tinha horas que eu nem sabia aonde eu estava USAHSUHA LINGUAGEM MUITO CHATA MESMO. E Vidas Secas nem me fale!!! Só li mesmo pq tinha que fazer um resumo pra nota ¬.¬

Bjocas ;P